Maquinaria Editorial
Model: Brochura
Product ID: 373
Product SKU: 373
Marxismo - Na contramão do bom senso

Marxismo - Na contramão do bom senso

Marca: Maquinaria EditorialModelo:Brochura


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

 

Marxismo: Na contramão do bom senso

 

Uma obra de imenso valor pedagógico, Marxismo: na contramão do bom senso reúne quase duas décadas de pesquisa, fontes e informações – de forma sistemática, lúcida e acessível – das diversas contribuições lavradas pelos teóricos marxistas ao longo do século XX até os dias de hoje. Livros e mais livros foram condensados para que o leitor tire as suas próprias conclusões de como ocorreu esse processo social no qual estamos mergulhados, onde ainda há espaço para crenças absurdas, com consequências nefastas, que infestam a própria civilização ocidental.

Brechani desvela brilhantemente a chaga do marxismo em nosso meio, destacando seu status de verdadeira religião política e dando todo um substrato teórico a respeito de suas origens históricas e filosóficas e estratégias de dominação das mentes e corações ao longo dos tempos. Conciso, sem ser simplista, na harmonia das letras deste livro está a resposta para encontrar a realidade neste urdido teatro sombrio que se tornou a cultura brasileira. 

 

 

 SOBRE O AUTOR 

 

Carlos Eduardo Brechani deixa os bastidores de sua trajetória como entusiasta do conservadorismo político para ganhar merecida atenção dos holofotes no debate político no Brasil com Marxismo: na contramão do bom senso. Pesquisador incansável e disciplinado do tema, dedicou-se por quase duas décadas a entender e sistematizar as origens dessa ideologia política, compilando mais de uma centena de obras de autores e agentes políticos empenhados na construção do marxismo no ocidente. Brechani é promotor de justiça do Ministério Público de São Paulo (MPSP) desde 2003. Formou-se advogado pela tradicional Faculdade de Direito da Universidade de Taubaté, onde também se especializou em Processo Civil. É professor e colaborador do Burke Instituto Conservador.

 

 

“Se o que há de lixo moral e mental em todos os cérebros pudesse ser varrido e reunido, e com ele se formar uma figura gigantesca, tal seria a figura do comunismo, inimigo supremo da liberdade e da humanidade, como o é tudo quanto dorme nos baixos instintos que se escondem em cada um de nós. O comunismo não é uma doutrina porque é uma antidoutrina, ou uma contradoutrina. Tudo quanto o homem tem conquistado, até hoje, de espiritualidade moral e mental – isto é, de civilização e de cultura –, tudo isso ele inverte para formar a doutrina que não tem.”  –  FERNANDO PESSOA​

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características